Inscrições

Olá, estamos reformulando o sistema de inscrições, que logo retornará para melhor atendê-lo, por hora as inscrições devem ser feitas pela própria federação organizadora.
Aniversariantes do mês

03/11
Edouard Muguet - PB
04/11
Francine de Fatima Soares - RN
05/11
Marcela Rolim da Cruz - PB
13/11
Flavio Rafael Veloso - SP
14/11
Maria Gabriela Gomes Pontes de Alcantara - PB
15/11
Ekaterini Perivolaris - CE
20/11
Pedro Avelar - PB
27/11
Maria Clara Siqueira - BA
30/11
Stella Maria de Sá Sarmento - BA
 

Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4


Notícias

Precisa deixar o cavalo peludo no inverno?
20/08/2018 - Fonrte: Cavalus

Estamos em época de temperaturas baixas e temos que decidir um aspecto importante que pode afetar o rendimento do seu animal
Cavalos peludos no inverno. Suando. Em um horário ruim de dar banho. O que você faz? Os cavalos têm sua capa natural de proteção contra o frio que são seus pelos mais crescidos. Muitos cavalos engrossam o pelo no inverno, mas ele tem que trabalhar.



Então ele vai trabalhar e, conforme a seção de trabalho programada para ele, vai suar bastante, como se fosse nós humanos jogando bola de agasalho. Automaticamente, tende a cair de rendimento.



O que podemos fazer? Uma dica é começar a dosar o programa de trabalho que você tem para o cavalo para decidir se continua com ele peludo ou se vai tosquiar. Por exemplo, se um determinado cavalo está com o pelo mais comprido e sua seção de treino terminou perto do final da tarde, onde o sol já está quase se pondo.



O certo seria dar um bom banho nele para tirar o suor antes de guardá-lo na cocheira. Com a temperatura caindo, você vai dar uma ducha em um cavalo peludo, mas do mesmo jeito que ele demora para secar o suor, ele vai demorar para secar do banho.



Não pode ir para a cocheira molhado, de forma alguma. Soltar ele no pasto até secar com a temperatura ambiente abaixo do ideal, também não seria uma boa solução. O risco de cair de rendimento por conta de uma gripe começa a rondar a vida do cavalo.



A melhor solução para um cavalo que trabalha e tem em sua programação os treinos mais para o final do dia é tosquiar o corpo todo. E tirando a proteção natural do corpo dele para o frio, o ideal é deixa-lo aquecido com protetores, capas, peças especializadas para isso.



Para os cavalos que a gente passa máquina, então, duas a três capas no inverno ajuda a resolver a decisão de que precisamos tirar o pelo crescido para que seu rendimento não caísse. Ajuda o cavalo a proteger e assim o ajudamos a render mais no trabalho.



Protegido, ele não se desgasta tanto no momento de trocar calor para se aquecer. Caso ficasse pelulo e você desse um banho nele já com a noite chegando ou deixasse ele secar o suor naturalmente, ele faria um esforço maior para conseguir se aquecer, com maior gasto de energia.


Comente | Comentários desta Notícia (0)


Outras Notícias
federações FILIADAS

nossos PARCEIROS


mídias SOCIAIS




nosso ENDEREÇO

Circuito N-NE de Hipismo
Fone.:(81)3343-5970/(81)3343-4837 | hipismo@hipismonortenordeste.com.br

Av. Bernardo Vieira de Melo, 428 - Sala 204
Piedade - Jaboatão dos Guararapes - Recife-PE | CEP: 54.440-620