Inscrições

Olá, estamos reformulando o sistema de inscrições, que logo retornará para melhor atendê-lo, por hora as inscrições devem ser feitas pela própria federação organizadora.
Aniversariantes do mês

02/12
Jenniffer Figueiredo de Meira Lima - PB
06/12
Rosen Lima dos Santos - PB
11/12
- PB
12/12
- PB
17/12
Maria Tereza Sarmento - BA
21/12
- PB
29/12
Lucas Dantas Medeiros - PB
 

Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4


Notícias

Hipismo pode causar "dor de cabeça" em 2016
18/10/2012 - Yahoo

Comitê Organizador dos Jogos do Rio já estuda logística de transporte dos cavalos
A equipe de hipismo do Brasil terminou os Jogos Olímpicos de Londres com um resultado abaixo do esperado. A oitava colocação, último lugar na final, provocou algumas reflexões, já que a próxima olimpíada será em casa. Os cavaleiros sabem exatamente o que é necessário para brigar pelo pódio.

"O importante agora é utilizar esse tempo de quatro anos para se preparar seriamente. Cavaleiros nós temos, sempre tivemos, e podemos competir com qualquer um, mas sempre nos faltou cavalo.", afirmou Rodrigo Pessoa, campeão olímpico em Atenas.

A disputa por medalhas não é a única coisa que preocupa, para os brasileiros a organização da competição também será um desafio. Segundo André Beck, diretor geral do Athina Onassis, maior evento de hipismo da América Latina, membros do Comitê Rio 2016 aproveitaram a sexta edição do torneio para observar todos os detalhes relacionados à logística.

A equipe do Esporte Interativo foi ao Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, acompanhar o procedimento de embarque dos cavalos que participaram do Athina Onassis. A operação funciona também como uma espécie de teste para 2016.

Na Olimpíada, o Rio de Janeiro receberá mais de 200 cavalos, praticamente o dobro de animais que participaram do Athina Horse Show. Em 2011, nos Jogos Mundiais Militares, a organização teve problemas, e os cavalos da delegação do Chile tiveram que viajar de caminhão de São Paulo para o Rio de Janeiro. Imprevistos como esse não podem se repetir.

O transporte exige um planejamento detalhado, já que cada avião leva no máximo 15 cavalos, e dois acompanhantes. Os animais são colocados em containers, e a Cia aérea cobra por espaço. Para sair do Brasil são cerca de 10 mil dólares, da Europa pra cá, 12 mil euros.

Para pegar um vôo por volta de 14h30, os animais deixaram a Sociedade Hípica, na Zona Sul do Rio de Janeiro, na madrugada. No aeroporto, foram colocados em uma área especial, enquanto aguardavam o embarque. A temperatura, acima de 30 graus, dificultou o processo.

"O bem-estar é o principal para o cavalo, ele tem que estar bem hidratado, num estado físico ideal para que não ocorra nenhum evento extra na viagem. A fluidoterapia é bem utilizada nesses dias, e procuramos dar soro aos animais", afirmou Leonardo Magalhães, veterinário responsável pelos animais no aeroporto.

Antes de serem levados para a aeronave, os cavalos também fazem uma espécie de check-in, com direito a passaporte, identificação, através de um chip, certificado internacional e controle sanitário. A colocação dos animais no container é uma ação bem delicada, e depende muito da experiência das tratadoras.

"Eu já tive uma viagem ruim com cavalos, e quando acontece não é legal. Mas você tem quem cooperar e fazer o que puder por eles. Em alguns casos, usamos sedativos para mantê-los calmos", revelou Terry Manning, tratadora de cavalos.

A fase crítica termina no exato momento em que os containers são colocados no avião. No ar condicionado, e bem acomodados, os cavalos estão prontos para decolar."Se eles utilizarem em 2016 mais ou menos a mesma logística que fazemos no Athina Onassis, os animais chegarão em perfeitas condições. Na Olimpíada cada categoria vem num período diferente, então os 200 cavalos não chegarão ao mesmo tempo, e conseguiremos fazer a logística aqui no aeroporto", afirmou Eduardo Guimarães, despachante aduaneiro do Athina Onassis.Questões veterinárias, documentação, transporte, tempo de espera no aeroporto, tudo isso deixa o cavalo estressado. Como eles são os responsáveis pela conquista de muitas medalhas olímpicas, merecem um tratamento Vip.


Comente | Comentários desta Notícia (0)


Outras Notícias
federações FILIADAS

nossos PARCEIROS


mídias SOCIAIS




nosso ENDEREÇO

Circuito N-NE de Hipismo
Fone.:(81)3343-5970/(81)3343-4837 | hipismo@hipismonortenordeste.com.br

Av. Bernardo Vieira de Melo, 428 - Sala 204
Piedade - Jaboatão dos Guararapes - Recife-PE | CEP: 54.440-620