Inscrições

Olá, estamos reformulando o sistema de inscrições, que logo retornará para melhor atendê-lo, por hora as inscrições devem ser feitas pela própria federação organizadora.
Aniversariantes do mês

02/12
Jenniffer Figueiredo de Meira Lima - PB
06/12
Rosen Lima dos Santos - PB
11/12
- PB
12/12
- PB
17/12
Maria Tereza Sarmento - BA
21/12
- PB
29/12
Lucas Dantas Medeiros - PB
 

Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4


Notícias

João Victor Marcari Oliva é campeão de Adestramento nos Jogos Sul-Americanos, no Chile
13/03/2014 - Fonte: CBH

Na tarde desta terça-feira, 11/3, o Time Brasil de Adestramento mostrou mais uma vez que é a grande potência da América do Sul. No último dia de disputa da modalidade nos Jogos Sul-Americanos de Santiago, no Chile, o jovem talento João Victor Marcari Oliva conquistou a medalha de ouro na final individual freestyle com Xamã dos Pinhais ao alcançar a nota 70,781%. João Paulo dos Santos e Veleiro Top, com 68,938%, garantiram a medalha de prata e Leandro Silva com Di Caprio, 68,281%, ficou com a de bronze. Pia Aragão com Zepelim Interagro, 65,750%, fechou em 6º lugar.

A conquista garantiu a João Victor, que tem apenas 18 anos, o título de melhor cavaleiro da competição. Além do ouro de hoje, o jovem ganhou também medalha de ouro por equipe, no sábado 8/3, e medalha de prata na individual Intermediária I, no domingo, 9/3. Primogênito da medalhista olímpica e eterna “rainha” do basquete, Hortência Marcari, João Victor herdou do pai, o empresário Victor Oliva, a paixão pelos cavalos e é só sorrisos com as vitórias.

“É a maior alegria que um atleta pode ter! Minha primeira competição internacional defendendo o Brasil e estou voltando para casa com três medalhas. Essa conquista é de toda a equipe que foi muito unida e parceria, todos se esforçaram para chegar aqui. A minha motivação para continuar nessa carreira só aumentou e vou continuar trabalhando duro para tentar mais pódios para o Brasil”, comemorou o campeão João Victor Oliva.

Em três dias de competição, a equipe brasileira de Adestramento se revelou o grande destaque da modalidade nos Jogos Sul-Americanos. Quando as disputas começaram sete medalhas estavam em jogo e os atletas mostraram a força no Hipismo brasileiro na América Latina conquistando todas elas, sem sequer dar chance para os principais rivais Argentina e Chile. Foram três medalhas de ouro, uma por equipe e duas no individual com Leandro Silva e João Victor, duas de prata e duas de bronze.

“Esse é um resultado fantástico para o nosso esporte. Toda a equipe da CBH está de parabéns, seria injusto citar nomes agora porque essas conquistas são fruto de um trabalho feito em equipe. Quando assumimos a CBH tínhamos como um dos nossos projetos fortalecer a parte técnica das modalidades e temos a prova de que estamos no caminho certo. Não podemos deixar de agradecer principalmente ao Comitê Olímpico Brasileiro e ao Ministério do Esporte, nossos grandes parceiros nessa jornada, pela confiança no nosso projeto. O planejamento para a preparação das equipes para os Jogos Olímpicos Rio 2016 está a pleno vapor”, destacou Luiz Roberto Giugni, presidente da Confederação Brasileira de Hipismo.

O Adestramento, considerado a mais clássica modalidade do Hipismo e praticada no Brasilhá mais de 50 anos, vive o seu melhor momento nos dez últimos anos. A estreia nos Jogos Sul-Americanos aconteceu na manhã de sábado, 8/3, e não podia ser melhor. Medalha de ouro por equipe, com 68,729%, e vaga garantida para o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015. No domingo, 9/3, foi a vez da prova individual Intermediária I e novamente deu Brasil: Leandro Silva e Di Caprio (70%132) com o ouro, João Victor Marcari Oliva e Xamã dos Pinhais (67,632%) com a prata e João Paulo dos Santos e Veleiro do Top (67,533%) com o bronze. O evento foi o primeiro com a belga Mariette Whitages, nova treinadora, frente ao Time Brasil de Adestramento.

Os Jogos Sul-Americanos acontecem na cidade de Santiago, no Chile, entre 7 e 18 de março. Além do Brasil, mais 13 países participam da competição: Argentina, Aruba, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela.

As provas de Hipismo acontecem na Escola de Equitação Graneros de Quillota, no distrito de Quillota. Com fim das provas de Adestramento, todas as atenções estão voltadas agora para a equipe de Salto, que compete entre 13 e 16 de março. Os cavaleiros Cesar Almeida / Vanity Império Egípcio, Sérgio Marins / Land Peter do Feroleto, Felipe Amaral / Carthoes BZ e José Roberto Reynoso Filho / Radiator JMen defenderão o Brasil.


Comente | Comentários desta Notícia (0)


Outras Notícias
federações FILIADAS

nossos PARCEIROS


mídias SOCIAIS




nosso ENDEREÇO

Circuito N-NE de Hipismo
Fone.:(81)3343-5970/(81)3343-4837 | hipismo@hipismonortenordeste.com.br

Av. Bernardo Vieira de Melo, 428 - Sala 204
Piedade - Jaboatão dos Guararapes - Recife-PE | CEP: 54.440-620