Inscrições

Olá, estamos reformulando o sistema de inscrições, que logo retornará para melhor atendê-lo, por hora as inscrições devem ser feitas pela própria federação organizadora.
Aniversariantes do mês

02/12
Jenniffer Figueiredo de Meira Lima - PB
06/12
Rosen Lima dos Santos - PB
11/12
- PB
12/12
- PB
17/12
Maria Tereza Sarmento - BA
21/12
- PB
29/12
Lucas Dantas Medeiros - PB
 

Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4


Notícias

CBH divulga regras e critérios para formação da Equipe para os Jogos Equestres Mundiais da Normandia de 2014
18/06/2013 - Fonte: CBH

Regras e Critérios para formação da Equipe Brasileira de Adestramento Paraequestre para os Jogos Equestres Mundiais da Normandia de 2014 (FEI World Equestrian Games 2014 Normandy)

O Presidente da CBH, no uso de suas atribuições, vem estabelecer regras e critérios para a formação da Equipe Brasileira de Adestramento Paraequestre para o s Jogos Mundiais de 2014, bem como disciplinar a adesão de cavaleiros e amazonas candidatos à seleção das respectivas vagas em sua composição, a saber:

Primeiramente vamos esclarecer os critérios estabelecidos pela FEI

Período de qualificação de 1 de janeiro de 2013 até 23 de julho de 2014 incluindo os resultados dos Jogos Paralímpicos de 2012

Critério Mínimo de qualificação (Art.8451 das regras do Adestramento Paraequestre)

Eventos Qualificatórios Qualquer competição 3* ou 4* durante o período de qualificação incluindo os Jogos Paraolímpicos de Londres

Percentual de qualificação Qualquer atleta/cavalo “conjunto” deverá ter atingido o percentual mínimo de 60% pela pontuação atribuída pelo júri na prova por equipes ou na prova individual uma vez.

Juízes

Mínimo de 3 juízes FEI PE 5* ou 4*de diferentes nacionalidades.

1) Nomear uma Comissão Técnica para definir os critérios de seleção e formação da equipe representativa do Brasil Jogos Equestres Mundiais da Normandia de 2014 (FEI World Equestrian Games 2014 Normandy)

· Luiz Roberto Giugni – Presidente da CBH

· Ronaldo Bittencourt Filho – Vice-Presidente da CBH

· Andrew Parsons – Presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro

· Edilson Alves da Rocha – Diretor Técnico do Comitê Paralímpico Brasileiro

· Marcela Pimentel – Diretora de Paraequestre da CBH

· Francisco Glicério de Freitas Netto – Juiz Internacional**** de Adestramento Paraequestre

2) Nomear a Chef D’equipe da equipe representativa do Brasil da CBH nos Jogos Equestres Mundiais da Normandia 2014 (FEI World Equestrian 2014 Normandy)

· Marcela Pimentel – Diretora de Paraequestre da CBH

3) Nomear o Técnico da equipe representativa do Brasil da CBH nos Jogos Equestres Mundiais da Normandia 2014 (FEI World Equestrian 2014 Normandy)

· Nicolas Commenge

4) Nomear um Veterinário Oficial da equipe representativa nos Jogos Equestres Mundiais da Normandia 2014 (FEI World Equestrian 2014 Normady), que será responsável pelo acompanhamento das condições físicas dos animais e atuará em colaboração com os veterinários dos animais selecionados:

· Alexis Gonçalves

5) Informar o critério de qualificação dos atletas que integrarão a equipe representativa do Brasil nos Jogos Equestres Mundiais supracitados, a saber:

a)Período de qualificação: 15 de junho de 2013 a 1° de junho de 2014, incluindo os resultados dos Jogos Paralímpicos de Londres 2012.

b) Elegibilidade mínima: Participar de Campeonatos CPEDI*** listados no calendário FEI com no mínimo 3 juízes 4* ou 5* de diferentes nacionalidades até a data limite de 1° de junho de 2013 e obter o percentual mínimo de 65% na prova Team Test ou Individual.

c)Seleção: Serão selecionados os 5 melhores cavaleiro/amazona (conjunto, cavaleiro/cavalo) independente de grau (observando a obrigatoriedade da FEI de ter pelo menos um cavaleiro de Grau Ia, Grau Ib ou Grau II na equipe) que obtiver o melhor resultado na prova Team test ou Individual em Campeonatos CPEDI** * incluindo os Jogos Paralímpicos de Londres no período de qualificação acima.

d) Os quatro melhores resultados integrarão a equipe Brasileira e o 5° resultado participará individualmente tendo seus gastos pagos pela CBH.

e) Casos omissos serão resolvidos pela Comissão Técnica definida acima.

6) Quantidade de vagas: Serão 5 vagas sendo que obrigatoriamente 1 cavaleiro deverá ser de grau Ia, Ib ou II conforme critério para formação de equipe estabelecido pelas regras FEI.

Rio de Janeiro, 20 de maio de 2013.

Luiz Roberto Giugni
Presidente da CBH

Marcela Pimentel
Diretora de Paraequestre CBH


Comente | Comentários desta Notícia (0)


Outras Notícias
federações FILIADAS

nossos PARCEIROS


mídias SOCIAIS




nosso ENDEREÇO

Circuito N-NE de Hipismo
Fone.:(81)3343-5970/(81)3343-4837 | hipismo@hipismonortenordeste.com.br

Av. Bernardo Vieira de Melo, 428 - Sala 204
Piedade - Jaboatão dos Guararapes - Recife-PE | CEP: 54.440-620